Valeu, Marquito

O último dos seis titulos em Bogotá // Photo: Google Images

Não é preciso ser um top para ser um vencedor.

E Marcos Daniel, 32 anos, 14 como profissional, é uma das maiores provas disso.

Com 14 títulos de Challenger, Marquito anunciou hoje que vai se submeter ao rito de passagem, a primeira morte de um esportista.

Perdeu para o corpo. Mais um entre tantos. Padeceu contra um adversário imbatível e determinado.

Mas a história fica. Seis vezes campeão em Bogotá, Marcos Daniel manteve-se constantemente entre os 100 melhores do mundo, atingindo o auge em 2009, ao ocupar a posição de número 56.

Esqueça Djokovic e Nadal só por esse momento. Mude o cenário. Imagine-se sendo o qüinquagésimo sexto melhor DO MUNDO da sua profissão.

Uma honra e tanto. E um baita motivo orgulho.

Pois fique orgulhoso. Você merece. Pelas lutas, tanto dentro e fora de quadra. Pelas quatro vitórias na Davis. Por ser um herói – um dos muitos anônimos, mas ainda assim um herói e um EXEMPLO – do esporte mais nobre de todos.

E valeu, Marquito.

Nada além do melhor para você nessa nova vida que começa.

PS: I had to write this one in Portuguese.  

About Pete S. Liguori
Pete was born in São Paulo, Brasil. Loves sports - pigskin fanatic, tennis lover. One of his most famous quotes is "I'm no Tolstoi, but I love the Dallas Cowboys" His favorite quote of all time is "I'll keep playing", unknown author.

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s

%d bloggers like this: